sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Um clamor de oração

Se tu tens sorte
aponte-me o norte
da vida esquecida
e deixada no bosque

Se tens amor
dê-me calor
aqueça os meus dias
que sopram de frio

Se tens coragem
escancare a garagem
faça-me o convite
para uma oração

Se és paciente
fique contente
caso os meus olhos
implore tua atenção

Nenhum comentário: