quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Repleto de erros

em tudo 
sou um nada
moro na rua

a esmola é sua
sou um homem descalço

antes mendigo
do que pecador
roubar de quem nada tem
viver sem pudor

temos ruas na cidade
temos povos na calçada
somos livres pra escolher
a quem dar um trocado

criamos a indignação
mas entregamos nas mãos do culpado
o que valia mais do que um pão

então temos que ter coragem
pedir, exigir e cumprir.


Tirar do mundo com as nossas mãos
mas com a salva de nos unirmos

todos em uma só mão

Nenhum comentário: