quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Poetize-se

Morra, encanto
Pois não é tanto
Iludir-se com prantos

Viva, poesia
Que faz da conquista
Uma devota ao perdão

Seja, encanto
Um mar de prantos
E desilusões

Seja, poesia
A eterna mania
De não viver são

Nenhum comentário: