domingo, 19 de outubro de 2014

Eu e a Bolha

não me perdi
ainda sou menino
tudo se passa num minuto
no giro da bolha de sabão

agora sou menino
posso ver o mundo girar
esquecer que já sou um adulto
ver uma bolha de sabão voar

de faces e cores
um dia isso vai acabar
cores se perdem no vago
a bolha tem que estourar

me perco na bolha
a bolha que agora morreu
naquele vago tinha uma bolha
a bolha amanhã serei eu

Nenhum comentário: