sexta-feira, 4 de julho de 2014

Assentos do sonho




voe, borboleta
voe mas volte
voe a casa do amor
vá e volte com sorte

ande, cachorro
arrebente as cordas da prisão
urre brados de misericórdia
viva feito um cão

tome dos anjos
todos os assentos
pois foram feitos pra mim
avante, guerreiros
sonho é sonhado assim

marche, humano
os anjos não vão sair
corra da sua vitória
espere a benção cair

Nenhum comentário: