domingo, 29 de junho de 2014

Meu medo

Teus cabelos
a voz de seda
e o violão sertanejo
são tão sutis
que me amedrontam

E é gostoso
este estranho medo!

Nenhum comentário: