terça-feira, 17 de junho de 2014

Ah, menina!

Ah, menina
que rouba o meu tempo
num pobre silêncio
e aquece meu ego
com risos perfeitos!

Devolva o pente
que amacia
as mechas vazias
de dor

devolva o meu mundo
em cinco segundos
pois dele eu careço
para viver

Nenhum comentário: