sexta-feira, 18 de abril de 2014

A Primavera P2

Leia a fogueira
do amor verdadeiro
que hibernou no inverno
em busca de saída

Rasgue as portas
do céu cinza escuro
que cobriu meus lamentos
e esbravejou
os sangrentos tormentos

As folhas sumiram
lágrimas secaram
e o amor renasceu
da mais bela poesia

Nenhum comentário: