sexta-feira, 29 de junho de 2012

João(dedicação)

poema dedicado a dois amigos(um casal gay), que se amam e juntos lutam pela liberdade de escolha. mesmo sendo Heterossexual, deixo claro que este poema é um gesto em defesa da comunidade gay. lutem!

nada de menino
velhos tempos de menino
era muito adulto na infância
hoje descobri meu lado menino

era mamãe quem dizia
que eu era menino
já era rapaz
apaixonado por um menino

era o diabo quem me seguia
e eu apaixonado por um menino
paciência mamãe
amo aquele menino

João, menino
Deus não ama coisa e tal
você detesta este menino
isso é coisa do mal

mesmo menino
amo de paixão
amo-te menino
sem você sou solidão