sábado, 2 de junho de 2012

casa vazia

hoje sei o que é amar
imagino o seu toque
logo vou me entregar
aos braços meigos
macios feito a seda
ao suave calor da paixão
não me sinto o mesmo
acredito que você também não
uma poeira nos olhos
e só por isso chorei
esqueça e somos amigos
deixe isso como um amém
se esconda na lama
esqueça a nossa cama
não leve o nosso perfume
que trouxe dor a mim
e mesmo assim
lembre-se
não se esqueça de mim
sei que estou apaixonado
e não posso ficar aqui
ouvindo a chuva cair
escorrendo o telhado sombrio
perturbando essa casa vazia