sábado, 31 de março de 2012

outro passo

não sei do amanhã
mas não há por que parar
sigamos
um passo a mais e posso chegar

se a nota não funcionar
use seu timbre
preciso de ouvir um vá em frente
não posso parar

grite
teu mundo pode me alcançar
meu silêncio acompanha a incerteza
do trajeto onde estou a caminhar

não pare você também
vamos ambos andar
sumir na verdade empoeirada
esquecer que um dia tivemos que parar

Nenhum comentário: