segunda-feira, 3 de outubro de 2011

indescritível

bicho esquisito
coisa estranha
sem ti não vivo
escolha que ganha

ganha o espaço
a bússola infalível
me guia pelas confusões
coisa mais útil

choro descontrolado
menina indescritível
bicho que eu tanto amo
paixão infalível

mulher eu te amo
coisa sem ti eu não vivo
desconte suas raivas
seu eu é um abrigo

morro por ti
este seu ciúme pode matar
menina meu futuro
indescritível nosso amar

Nenhum comentário: