quinta-feira, 20 de outubro de 2011

a fuga do rapaz

saber o que ser
até onde ir
com quem está
no prezado instante
e ainda apavorado
com medo da chibata
que a infância ainda teme
mesmo sendo gente grande
mas não me esqueço
que o seu colo hoje belisca
e sendo gente grande
estou indo
e feito pombo machucado
menino de bairro
como diz Srta. mamãe
não sei com quem estou indo
até onde ir
enfim
tenho que ir
levar o meu dever
sonhar outras verdades
outras descobertas
viver o que disse mamãe
o que papai não aprovou
eu vou
não sei pra onde vou
vou viver um novo mundo
mesmo sem saber o que é
onde ir
minha história
nossos instantes

Nenhum comentário: