segunda-feira, 26 de setembro de 2011

um minuto de lágrimas

foi só um susto
até quando pude me levantar
nada passou de um sonho
você não vai voltar

ser criança
ser como estávamos
receber suas flores
era mesmo sonho ou sorte

dormir não mais
um mundo renasceu
a aurora brilha os montes
você em mim não morreu

talvez um passo a eternidade
uma eternidade em meus sonhos
a certeza de que ainda espero
um mundo que desaparece

Nenhum comentário: