terça-feira, 23 de agosto de 2011

um dia de choro

ele não te fez mulher
ele não te fez querer
você mudou a verdade do jogo
fui obrigado fugir

ele não é nada
ele não quis você
eu sou a lenda do ontem
eu não quero você

nunca sai sem vitória
pois viver depende de mim
vou perder quando morrer
é a vitória que sempre quis

sempre
mas nunca com você
talvez a vida seja singela
e nunca tenha que me prometer

Nenhum comentário: