terça-feira, 5 de julho de 2011

vista

os sinos tocaram
os homens correram
as águas rugiram
o fim disse veio

não mais vejo o fim
as águas não mais rugitam
os homens não voltaram
o mundo de agora é o começo

os sinos vão tocar
agora preciso escolher
ou luto e vejo as conquistas
ou paro e tento morrer

morro ou não peço
peço a tristeza para fugir
desço as escadas de peito aberto
não mais escondo quando o leão rugir


Nenhum comentário: