segunda-feira, 25 de julho de 2011

não por que posso

fui quando pude
andei como pude
sou como posso
estou aqui por que posso

não por que posso
sim porque posso
sim tudo sim
nada que eu goste

foi tudo seu
nada foi nosso
eu fui quem quis
nada que eu possa

sim porque quero
não porque gosto
vivo e morro
é por que posso


Nenhum comentário: