sexta-feira, 1 de julho de 2011

mundos e eu

tive um mundo aos meus pés
não escolhi como vivê-lo
escolhas trazem promessas
e se prometo devo viver

mundos, mundos e mundos
não sei por onde passei
andei, sofri e chorei
e hoje vivo outra vez

sou um mero descobridor
e fui descoberto por onde andei
a cada cenário uma existência
e uma nova conquista me faz outra vez

tudo o que vi não existe mais
o dia existe e não pode voltar
as notas e cifras são imensidão
e a cada passo uma canção se formar


Nenhum comentário: