quarta-feira, 6 de julho de 2011

mil acessos

mil
mil e mais um
mais um chorando à telona
mil, mil e mais um

mil toques a espera
desejos de amor a mil
de espera tão ansiosa
mundo girando a mil

mil palavras guardadas
mil onde me vi
mil letras voando
a poesia de quando escrevi

mil e mais um
mil e mais eu
mil e quem está lendo
o desejo que não padeceu

Nenhum comentário: