terça-feira, 12 de julho de 2011

infância perdida

tempos modernos
que a ideia me fez perder
que me bagunçou impondo limites
que me limitou a nunca viver

tempos de quando era jovem
jovem por poder brincar
fazia barquinho no tanque de casa
eram mundos a navegar

mundos distante de nós
que me impôs não mais pensar
hoje o meu mundo gira outros mundos
mundo onde nunca sonhei estar

mundos sofridos em idas
horas por viajar
vidas em jogos marcados
infância que não quer voltar


Nenhum comentário: