terça-feira, 26 de julho de 2011

desenhei só pra mim

tudo ficou num painel
eu desenhei pra que não fosse vivido
fui carinhoso no quebra cabeça
desenhei o que ficou escondido

nada pude esconder
pois nada era claro pra mim
ela quem viu nos meus olhos
o desenho feito pra mim

painel que não morreu
minha fôrma precisa parar
sem segredos não se tem vida
meu painel minha vida no ar

desenhei só pra mim
hoje morro por não conseguir
desenhei o quadrado agora exposto
desenhei o que era pra mim

Nenhum comentário: