quinta-feira, 16 de junho de 2011

ultimato

encontrei uma folha na mesa
e sei que você não vai voltar
era só uma carta na sala escura
e que estava a me esperar

uma foto de cisnes
duas mãos rabiscadas
nossa foto na praça do glis
pela casa também espalhadas

alguém jogou pela janela
e também não sei quem o fez
achei uma rosa ensaguentada
achei uma carta mais uma vez

procurei pela casa quem poderia ser
a sala perdera sua perfeição
o rádio ligado no quarto dos fundos
tocava-me belas canções

andei toda a casa e não vi ninguém
pensei ser você quem tudo fez
na porta dos fundos mais uma carta
escrita o mundo pediu minha vez

Nenhum comentário: