segunda-feira, 20 de junho de 2011

Rio São Francisco

chora velho chico
chore por quem não morreu
ofereça em vários braços
o que a Canastra forneceu

chico das águas sujas
que banhou quem precisou
chico velho de alma limpa
que a pobreza o abraçou

caridoso com os pesqueiros
cede água a lavação
vai seguir rumo a Sergipe
eita chico do sertão

chico a foz é um paradeiro
Minas é o teu coração
siga estrada velho chico
siga as notas da canção



Nenhum comentário: