domingo, 26 de junho de 2011

quem somos nós

será que eu devo mais do que ele?
se não criei ninguém
também não me culpo da fome
se durmo com o mundo rugindo
Deus seria minha sorte
o homem não pila detalhes
nem crença os faz crescer
mas um minuto de fé dura muito
no mundo que dele não temos prazer
tudo se afoga em mentiras
a vida é pra quem não quer recomeçar
posso viver sonhando alto
sabendo do meu poder de matar
tudo que passa recorre
as lanças moram no chão
o amor escorre à varia
o mundo não tem solução
sim se eu quiser ajudar
nunca se posso partir
viver é olhar um mendigo
e entender que eu sou alguém
moro na casa dos pobres
sai de onde não pude vir
olhei a miséria como causa nobre
mas não aprendi como repartir
o lodo da humanidade se isola
e de mãos dadas vamos partir
buscar o futuro sem ter miséria
largando o faminto morrendo aqui



Um comentário:

musica.santos disse...

esse cara não foi no jô ainda????
-jó soares: me desculpa gente, mas estamos preparando um programa especial para trazer essa pessoa maravilhosa aqui, fiquem conosco.. depois do intervalo vocês saberão que pessoa esse cara é.
huashuashuashuas