quarta-feira, 18 de maio de 2011

eu ainda quero

quero ser eu
um mundo onde nunca vivi
uma história sem pesadelos
um mundo onde eu soube rir

quero o mundo em lugares distintos
quero a França de Napoleão
Portugal dos descobridores
a grande Eiffel vista do chão

ser um Islã de Maomé
ver o Sári me enfeitiçar
ver Hollywood escrito em montanhas
ou ver a Califórnia quando tudo abalar

eu quero ver Dubai
ver a Índia adorando o Hindu
passar o estreito onde o homem andou
e entrar no Alasca sem saber quem eu sou

quero percorrer o Canadá
andando até New York chegar
correr a Times Screen feito maluco
até o abraço do Hudson eu chegar

quero voltar por onde eu andei
ver o Reino unido que ainda não morreu
me tele transportar pelo resto do mundo
usando o CERN para o deus EU

Nenhum comentário: